TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

Combinando seus anos de experiência na indústria digital com sua experiência em mentoria de lideranças, Carolina ajuda empresas e startups através de seu trabalho de consultoria em transformação digital, desenvolvimento de visão e estratégia de produtos com foco nos seguintes aspectos:

A 5. Revolução Industrial

um novo mundo direcionado pelo bem-estar coletivo

Nosso tempo contemporâneo mostra dia a dia como nosso sistema econômico, financeiro e industrial não se sustenta mais. A economia da inteligência e sistemas a base de tecnologias como a de blockchain estão abrindo as portas do que será definido como a 5. revolução industrial. Essa revolução dará luz a um sistema inteligente mundial interconectado no qual o consumo desenfreado será substituído pelo suprir de necessidades reais com o intuito único de criar o bem-estar humano ao invés do lucro. Essa indústria será formada na base da cooperação mundial criando cadeias de produção automaticamente gerenciadas por inteligências para suprir as demandas internacionais e calcular os locais e quantidades de produções específicas mais benéficas ao planeta e a população global, otimizando também as rotas de distribuição dentro de uma malha de supply chain unificada. Essa nova economia se baseia no conceito da consciência de grupo e portanto traz como chave a colaboração nos âmbitos da pesquisa e do desenvolvimento. Ela traz consigo também o preceito da transparência e da simplicidade, do envolvimento e colaboração de cada indivíduo através de ferramentas ágeis e acessíveis as populações do nosso globo. A máquina será mantenedora de nossos sistemas, enquanto o ser humano colocará sua criatividade em uso para gerar inovação que multiplique o bem-estar e prosperidade humanos.  

 

Você, sua empresa e liderança estão prontos para essa transformação?

Gestão da Mudança

Sabe-se que 70% dos programas de mudança não atingem seus objetivos, em grande parte devido à resistência dos funcionários e à falta de apoio da gerência. É por isso que Carolina foca seu trabalho na aproximação entre a gerência e seus times.

Quando líderes começam a revisar suas próprias motivações por meio do processo de mentoria, são capazes de começar a reconhecer as motivações individuais dos membros de sua equipe e de outros stakeholders, tomando consciência de sua importância como parte do sucesso de transformação da empresa. Carolina apóia a nova liderança de organizações tanto no processo de mentoria como na conversão de seus insights em uma estratégia holística com uma visão clara para a mudança em vista. Os objetivos trabalhados não só visão a transformação desejada, mas também os interesses e motivações dos departamentos e times envolvidos trazendo consigo um propósito maior de visão às pessoas impactadas. 

Em um segundo momento, o objetivo se concentra em transformar antigos gerentes em novos líderes tornando-os apoiadores de times auto-organizados dentro da empresa. Esses times serão responsáveis pela concepção e implementação da mudança, agindo como seus embaixadores dentro da organização. Os times serão também capacitados para responder rapidamente às fases de transformação e integra-las nas áreas operacionais da empresa. A gestão da mudança é desenvolvida em conjunto com os membros de todas as áreas influenciadas pela mesma dentro na organização, incluindo parceiros de negócios e clientes durante o processo.

Employer Branding

Outra parte intrínseca do papel de Carolina como consultora na Gestão da Mudança é sua estreita parceria com o departamento de RH responsável a fim de tornar a empresa um ímã de aquisição de talentos, aplicando diferentes medidas de marca empregadora. Em seu trabalho, Carolina segue valores como os da flexibilidade, de work-life-balance, de crescimento tanto profissional como pessoal, do trabalho com propósito, da capacidade de criar impacto dentro e fora da empresa, da diversidade, da inclusão e do impacto ecológico e social.

Cultura Ágil

As empresas ágeis têm demonstrado alcançar simultaneamente maior foco em seus clientes, um tempo de colocação no mercado mais rápido, maior crescimento de rendimentos, custos mais baixos e times mais engajados.

Tendo focado os primeiros passos na criação de uma nova liderança e em um entendimento comum da visão de um ambiente sempre em transformação, Carolina nesta fase apóia a liderança na tarefa de reconstruir suas equipes de forma mais independente e autônoma. Aqui, o papel da liderança é mostrar direção e permitir a ação.

Parte do trabalho incluí a avaliação da organização nos cinco aspectos de uma cultura ágil saudável, abrindo possibilidades para a implementação correta da agilidade em toda a organização visando seu sucesso à longo prazo. Cada mudança necessária será planejada e implementada nos projetos em andamento através do learn-by-doing, apoiada pela estrutura de projetos ágeis construída. Esses cinco aspectos são:

Estratégia: a organização possui objetivo e visão transparentes, que permitem que cada membro da equipe perceba e aproveite as oportunidades com liberdade e flexibilidade para planeja-la e priorize-la dentro de seu trabalho, juntamente com orientações estratégicas ​​da nova liderança.

Estrutura: a organização possui uma estrutura clara e horizontal, abrangendo apenas funções que carregam responsabilidade acompanhadas d​​e uma liderança prática e hands-on. Práticas de grupo e parcerias ativas estão sempre em vigor, formando ecossistemas e redes de aopio dentro da empresa. Todas as tarefas, decisões e alocações são transparentes e compreensíveis para todos. Os departamentos nunca crescem além de 150 funcionários.

Processo: as prioridades são mantidas em um registro centralizado e aberto para toda a organização, respeitando os ciclos de desenvolvimento para permitir mudanças e estabilidade simultaneamente. Toda informação é transparente. As decisões são orientadas pelo seu valor econômico e frente ao cliente. O desenvolvimento ocorre em iterações rápidas por meio de aprendizado contínuo e é executado com a ajuda de práticas ágeis. As mudanças são bem aceitas pelas equipes e pelas outras partes interessadas.

Pessoas: “Pessoas vem sempre em primeiro lugar”, essa é a regra número um dentro e fora da empresa. Todos os membros da organização são orientados pela visão e trabalham com foco em ações práticas que trazem resultados palpáveis. Cada pessoa é capaz de enxergar como o objetivo da organização reflete positivamente em seu próprio crescimento e contribuição pessoais dentro e fora da empresa. A organização trabalha com grande mobilidade de posições entre times e setores diversificados. Motivação empreendedora e uma liderança compartilhada e servidora predominam em toda a organização. Existe uma cultura de mentoria que promove o crescimento pessoal e profissional de cada indivíduo.

Tecnologia: a empresa investe na colocação de tecnologias, arquitetura e ferramentas inovadoras que estão em constante evolução. O desenvolvimento de tecnologias de ponta e práticas de entrega rápida estão em vigor continuamente. A curiosidade pelo novo é incentivada, assim como o compartilhamento de práticas e o aprendizado através de experimentos.

Equipes de alto desempenho

criando conexão e capacitação humanas

O cérebro humano tem capacidade para manter no máximo 150 conexões com pessoas com as quais é possível manter relações sociais estáveis: nas quais um indivíduo sabe quem é cada pessoa e como cada pessoa se relaciona com outras pessoas. Criar uma organização que respeite esta regra como uma linha de base para criar estruturas coerentes de departamento é nossa tarefa número um para permitir equipes de alto desempenho. As equipes são formadas ou dissolvidas continuamente com base nas prioridades mais importantes da empresa.

Juntamente a implementação deste ponto de foco, Carolina traz sua visão holística de pessoas e cria matrizes de equipe individuais ajudando a guiar a nova liderança a alcançar o desempenho e crescimento desejados, identificando o momento certo para desenvolver cada membro da equipe individualmente em busca de sua excelência. Aqui, construímos uma cultura de feedback aberta, positiva e bidirecional. As metas individuais e da equipe são medidas em objetivos e resultados chave (OKRs) para garantir a conexão entre as metas da empresa, o envolvimento e o crescimento pessoais.

Metodologias criativas e alta flexibilidade dentro das equipes são promovidas e praticadas regularmente. Carolina capacita a liderança e as equipes com ferramentas de Design Thinking, a fim de construir crescimento e inovação contínuos. A nova liderança incentiva o comportamento orientado à equipe e investe continuamente no desenvolvimento de cada indivíduo por meio de práticas de mentoria e compartilhamento de experiências. Carolina orienta e treina a nova liderança ao longo do processo, garantindo que a mudança se torne cultura. O espírito do nosso trabalho aqui se concentra nos valores da Motivação, Bondade, Lucro e Propósito no trabalho.

Produto, Visão e Estratégia

criando bondade que gera lucro

Hoje, o mundo trabalha com uma velocidade na qual as grandes corporações estão investindo pesadamente em mudanças e transformações. Passamos da linha de capital de risco para investimentos de U$ 100 bilhões mundialmente e alcançamos um novo padrão de investimento mínimo em uma única ideia que chega a prever U$ 100 milhões de investimento inicial para uma Startup. A única chance de sobreviver a essa nova realidade para as empresas que ainda pensam em “digitalizar” seus negócios é colocar um foco enorme e investimentos sérios para suceder na transformação. Ao mesmo tempo, mais do que nunca precisamos de um objetivo maior para nossos negócios, para não perdermos a noção do motivo pelo qual estamos fazendo esse investimento. As empresas que farão parte do futuro próximo não são aquelas que buscam construir impérios, mas aquelas que se concentram em construir uma vida melhor para seus clientes e a sociedade e oferecem um ambiente de trabalho saudável dentro e fora da empresa para suas equipes, baseando todo seu trabalho na economia da inteligência.

Um dos principais conhecimentos de Carolina reside do desenvolvimento da visão, estratégia e de produtos. Ela traz sua vasta experiência auxiliando a empresa a estruturar seu caminho em direção à visão projetada. Para definir a estratégia e o produto, Carolina traz uma abordagem holística para os negócios, colocando a proposta de produto no contexto da atualidade acompanhada de uma paleta vasta de conhecimentos nas áreas de IoT, industria 4.0, digitalização, agilidade, design thinking, blockchain, economia da inteligência, desenvolvimento de negócios, service design, trabalho futurista e trends, sustentabilidade global, sabedorias ancestrais e Mindfulness.

Em etapas compreensíveis, formaremos um roadmap de propósito para os produtos a serem entregues ao mercado. Isso define o foco que permite à empresa trabalhar em direção a seus objetivos, mantendo a flexibilidade dos processos ágeis cultivados. Todos os OKRs individuais são originados da estratégia criada, em conjunto com o roadmap definido e os recursos disponíveis de cada membro da equipe no momento da inovação.

Mentoria Executiva para Gerentes de Produto

Dentro desta mentoria Carolina treina novos gerentes de produto individualmente acompanhando projetos priorizados pela organização com base em tarefas práticas do dia a dia dentro do ambiente de planejamento e desenvolvimento. Durante cada encontro, os gerentes de produto são convidados a falar sobre seus problemas e objetivos e, com o auxílio de Carolina, elaboram um plano de desenvolvimento e execução para atingir seus objetivos. A mentoria visa treinar gerentes de produtos experientes que sejam: 

líderes em sua estratégia, visão e implementação do produto,

responsáveis quando se trata do “o quê” e o “porquê” das tarefas no seu planejamento

esclarecedores do valor agregado de seus produtos e de sua priorização

responsáveis pela comunicação com as partes interessadas e pelo elo com os clientes

responsáveis por reportar o desempenho das iniciativas à organização como um todo

 

Em nível organizacional, Carolina compartilhará sua experiência para construir uma excelente base para:

planos de desempenho e desenvolvimento para os gerentes de produto dentro da organização

definição da função e responsabilidades da área de gerenciamento de produtos em toda a empresa, incluindo o relacionamento de delimitações com outras áreas

incentivar o trabalho em equipe entre os gerentes de produto

identificar oportunidades de melhorias nos processos atuais

X